Crítica 2 | Vida – Um Suspense Eficiente

Crítica 2 | Vida – Um Suspense Eficiente

COMPARTILHE!

O FEIJÃO COM ARROZ QUE VEIO DO ESPAÇO

Confesso que fui ver ao filme Vida ( Life ), do diretor Daniel Espinosa , achando que eu iria assistir a uma reciclagem de Alien – O Oitavo Passageiro, de Ridley Scott. Bem… ele é uma reciclagem de Alien, com um tempero de Gravidade, de Alfonso Cuarón; uma espécie de horror sci-fi com pegada realista (há uma boa dose de licença poética nesta palavra). Apesar da impressão que o começo desta resenha pode dar a entender, saí satisfeito da sala de cinema. Não estamos diante de uma obra inovadora, mas de um feijão com arroz bem temperado.

Em Vida , a tripulação da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) consegue resgatar uma cápsula espacial que havia sido enviada para colher amostras do solo de Marte. A equipe consegue reanimar uma criatura unicelular do estado de hibernação. A notícia é comemorada no mundo inteiro. Contudo, em pouco tempo, essa criatura cresce e se torna uma ameaça para os seis astronautas da ISS.

Participe do nosso GRUPO ESPECIAL do Facebook» https://goo.gl/kg8NYU


O filme abraça muitos clichês do horror sci-fi , mas são as opções que fogem do obvio e do genérico que fazem dele um feijão com arroz bem temperado.

Destaco três qualidades: a opção por localizar a narrativa em um tempo próximo do atual faz com que o filme se aproveite da noção que se tem atualmente de que o futuro é o hoje, dando um sabor mais “realista” à narrativa. A segunda qualidade é a criatura – chamada de Calvin – que vai evoluindo ao longo da projeção, criando expectativa no público e nos tripulantes.

A maior qualidade do filme, porém, é não estabelecer hierarquia entre os personagens. Sem um protagonista claro, o filme consegue deixar o espectador sem um porto seguro, tornando crível a sensação de que todos correm perigo. Infelizmente, o público não está a salvo das decisões estúpidas: poderíamos citar umas 3 ou 4 decisões idiotas tomadas pelos personagens cuja única função é fazer a narrativa seguir adiante. Isto é péssimo do ponto de vista de roteiro, pois enfraquece o suspense. Outro ponto que fraco do filme é a falta de constância no ritmo do filme; ele fica mais enfadonho e irregular do meio para o final.

Para quem gosta de um bom feijão com arroz poder ser uma boa opção enquanto não chega Alien: Covenant. Um último registro: fiquei feliz pelo título em português ter sido fiel ao original, ao invés das tradicionais adaptações, como coisas do tipo “O Terror Vem de Marte” ou “Pânico Estação Espacial Internacional”. Parabéns à distribuidora!

E, aí, o que achou do filme? Esse feijão com arroz foi mesmo bem temperado? O que achou as atuações? Também ficou incomodado com os diálogos pouco criativos? Vamos, comente, compartilhe e curta nossas redes sociais:

Nossa página oficial no Facebook

Página oficial do CinePOP no Facebook

Canal do CinePOP no YouTube


Cenas Pós-Créditos de Liga da Justiça


» Siga o CinePOPno Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «

[AVISO]Os comentários passam por uma aprovação e podem demorar até 24 horas para serem disponibilizados no site. Comentários com conteúdo ofensivo serão deletados, e o usuário pode ser banido. Respeita a opinião alheia e comporte-se.

Mobilize your Website
View Site in Mobile | Classic
Share by: