Crítica | Minha Mãe é uma Peça 2

Crítica | Minha Mãe é uma Peça 2

COMPARTILHE!

Engraçado e Emocionante

Provando que um raio pode sim cair no mesmo lugar duas vezes, Paulo Gustavo e os envolvidos com a produção da comédia Minha Mãe é uma Peça acertam novamente, entregando uma continuação tão boa quanto o filme original.

Surgida como homenagem/sátira de sua própria mãe, a personagem Dona Hermínia, criação do humorista Paulo Gustavo , mostrou-se extremamente popular nos palcos e na TV, realizando uma transição muito bem sucedida para as telonas também. Minha Mãe é uma Peça (2013) foi um dos pontos altos no cinema brasileiro de seu respectivo ano, mostrando antes de qualquer coisa que comédia nacional pode funcionar com inteligência e sem precisar depender exclusivamente do humor de baixo calão.

Sim, grande parte do mérito deve ir para Paulo Gustavo , a espinha dorsal desta empreitada. Afinal, o filme é moldado ao redor dele e de seu alter ego. Dona Hermínia é sem paciência, nervosa, escandalosa, não leva desaforo e vive em função dos filhos. Tem também as melhores tiradas e as profere com a cara de pau de quem se vê indiferente às opiniões alheias. É claro que também precisa existir humanidade, carinho e afeição para a personagem se tornar crível e fazer-nos criar um laço de identificação.

Participe do nosso grupo ESPECIAL no Facebook» https://goo.gl/BBFEmQ


Na trama, Hermínia faz sucesso com seu programa de TV, no qual diz o que pensa sem papas na língua e oferece suas opiniões sempre ácidas sobre os mais variados tópicos. O sucesso a fez inclusive mudar para um apartamento maior. As desavenças com os filhos e o ex-marido seguem do tempo em que pararam, não existe grande evolução narrativa aqui em relação ao filme original em tais quesitos.

As novidades das crias trazem o sonho de ser atriz da rechonchuda Marcelina ( Mariana Xavier ), criando uma ponte aérea entre Rio e São Paulo, e a mudança de orientação sexual de Juliano ( Rodrigo Pandolfo ), que de gay decide ser hétero, ou bissexual, dependendo do ponto de vista. Com o ex-marido Carlos Alberto ( Herson Capri ) velhas faíscas ressurgem. No elenco, ainda as presenças revisitadas da irmã Iesa ( Alexandra Richter ), a empregada Valdéia ( Samantha Schmutz ), o filho mais velho Garib ( Bruno Bebianno) e a tia Zélia ( Suely Franco ).

Entre os personagens adicionados, destaca-se Lúcia Helena ( Patricya Travassos ), a irmã mente aberta, vinda dos EUA para perturbar ainda mais a inexistente serenidade da protagonista.

Mesmo que nem tudo funcione em Minha Mãe é uma Peça 2 , como um momento em uma boate de São Paulo, com direito a um número musical em que Hermínia cai na dança, realizando uma coreografia ao lado dos figurantes, o novo longa traz mais acertos do que erros. O foco ainda é em uma mulher que não sabe muito bem o que fazer de sua vida se não estiver se preocupando com os filhos, sua eterna responsabilidade. Sua cruz é também sua válvula de escape.

O que surpreende na sequência é a atenção dada na medida certa ao tom dramático que cerca a subtrama da tia Zélia, cada vez mais senil e exigindo cuidados especiais. Em tais trechos, o diretor César Rodrigues (diretor de Vai que Cola na TV e cinema), substituindo André Pellenz(também escolado na arte de Paulo Gustavo , já que é o diretor da série 220 Volts ), acerta o sentimento, sem ser piegas ou sentimentalista, em especial se levarmos em conta que esta é uma comédia escrachada.

Com o desfecho de Minha Mãe é uma Peça 2 , as portas ficam abertas para uma nova Hermínia. Agora é torcer para que a personagem mais engraçada do cinema nacional recente não demore muito a voltar para as telonas, em grande estilo e, como sempre, aos berros.


Crítica | A Babá - Netflix lança comédia de terror sobre culto satânico


» Siga o CinePOPno Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «

[AVISO]Os comentários passam por uma aprovação e podem demorar até 24 horas para serem disponibilizados no site. Comentários com conteúdo ofensivo serão deletados, e o usuário pode ser banido. Respeita a opinião alheia e comporte-se.

Mobilize your Website
View Site in Mobile | Classic
Share by: