Crítica | Moana – Um Mar de Aventuras

Crítica | Moana – Um Mar de Aventuras

COMPARTILHE!

A espera finalmente acabou, 43 dias (ou 7 semanas e 6 dias) depois do lançamento norte-americano, o mais novo lançamento da Disney Animation Studioschegou aos cinemas brasileiros nesta quinta-feira, dia 5 de janeiro, e o público vai poder se emocionar e também se aventurar com Moana , a nova heroína do estúdio do Mickey.

Antes do filme começar, você vai ter o prazer de conferir o primeiro curta metragem da Disney dirigido por um brasileiro, o Léo Matsuda, que nos apresenta ‘ Trabalho Interno‘ (que também foi chamado no Brasil de ‘ Cabeça ou Coração‘). O divertido curta mostra a diária batalha de nossa cabeça com nosso coração, mostrando que para vivermos bem, temos que aprender a ter o equilíbrio do lado emocional com o lado racional! Repleto de piadinhas, o curta não eh um dos melhores da última leva da Disney, mas diverte e nos faz pensar. Muitos vão comparar a temática com ‘ Divertida Mente‘ (Inside Out) e o protagonista lembra e muito, o simpático Carl, protagonista de ‘ UP: Altas Aventuras‘ (UP).

O 56º longa-metragem de animação da Disney traz a direção dos veteranos Ron Clements e John Musker , que juntos já nos apresentaram sucessos em animação tradicional (feito a lápis) como As Peripécias de um Ratinho Detetive(1986), A Pequena Sereia(1989), Aladdin(1992), Hércules(1997), Planeta do Tesouro(2002), A Princesa e o Sapo(2009) e que agora lançam seu primeiro filme animado totalmente por computação gráfica, o famoso CGI (feito totalmente em computador) e lançado também em 3D.



Moana : Um Mar de Aventuras‘ se passa há três mil anos, onde os melhores navegadores do mundo cruzaram o vasto Pacífico Sul e descobriram as ilhas da Oceania. Mas depois, por um milênio, as viagens pararam, e até hoje, ninguém sabe o porquê. Quem vai entrar em uma grande aventura para descobrir isso e salvar a todos será Moana , uma adolescente espirituosa de apenas 16 anos, que ama o mar e navegar. Depois da morte de um parente próximo, ela parte em uma missão em busca de uma ilha, onde terá que encontrar o lendário semideus Maui, para atravessar o mar aberto em uma viagem cheia da ação, encontrando criaturas marinhas gigantescas, submundos deslumbrantes e antigas histórias.

Repleto de canções escritas e compostas pelo vencedor do Grammy® Mark Mancina(Velocidade Máxima, Tarzan e O Rei Leão), Lin-Manuel Mirandae Opetaia Foa’i, a trilha traz canções interpretadas na língua inglesa (na versão original e todas dubladas em português na versão dublada) e também na língua toquelauana. Destaque para três canções: “ How Far I’ll Go”, interpretada na versão original pela estreante Auli’i Cravalho, que dá voz a protagonista da história, a canção “ You’re Welcome”, interpretada na versão original pelo grandalhão Dwayne Johnson , o The Rock, e na versão nacional pelo grande ator de musicais brasileiros Saulo Vasconcelos(uma das melhores escolhas da Disney em dublagem dos últimos anos) e a divertida canção de um dos vilões chamada “ Shiny”, interpretada por Jemaine Clemente uma homenagem ao cantor David Bowie .

Com um roteiro interessante e personagens carismáticos como só a Disney sabe apresentar em suas animações, o destaque vai para o divertido e atrapalhado galo Hei Hei, que curiosamente é um dos personagens mais engraçados da trama e que quase foi cortado da versão final do filme, você dificilmente não vai se apaixonar pelos dois protagonistas, a jovem e forte Moana , que foge do título “princesa” e se considera uma guerreira e do simpático e divertido semi-Deus Maui, um dos personagens mais legais do filme, que traz a difícil e trabalhosa mistura de animação 3D e tradicional. Você sabia que todas as tatuagens de Maui foram animadas tradicionalmente (lápis e papel) e depois levou-se um grande tempo para que eles fossem colocadas em cima da animação computadorizada do personagem? O resultado você confere nas telonas, mas garanto que ficou ótimo.

Para os fãs Disney, uma dica, o animado está recheado dos famosos easter eggs como as diversas aparições de personagens Disney. Fique atento ao animado, pois você poderá encontrar personagens como Baymax(de Operação Big Hero ), Linguado e Sebastião(de A Pequena Sereia), Ralph(de Detona Ralph), o boneco de neve Olafe a rena Swen(ambos de Frozen : Uma Aventura Congelante) e muitos outros escondidos na animação .

No geral, o roteiro traz uma história forte e com um final surpreendente e podemos considerar que é um animado bem superior aos últimos sucessos da Disney, como Frozen : Uma Aventura Congelante( Frozen ) e Operação Big Hero (Big Hero 6), na minha opinião, ‘ Moana : Um Mar de Aventuras‘ não é o melhor animado da dupla de diretores, mas vem com tudo trazendo uma animação de encher os olhos, tecnicamente é o desenho mais perfeito já produzido nos cinemas em animação 3D, não apenas da Disney, mas de todos os já lançados até hoje e apresentando uma personagem que explode empoderamento feminino, algo importante nos dias de hoje para as crianças e também para os adultos.

Meninos, meninas, jovens, mães, pais, avós e avôs, o mais novo animado da Disney é a pedida certa para toda a família nas férias e não, Moana não é um filme para meninas, pois com certeza vai agradar em cheio a toda a família que estiver procurando uma boa história, personagens carismáticos, músicas marcantes e uma linda mensagem sobre a preservação da natureza. E vale lembrar, fique até o final dos créditos, pois a Disney preparou uma das piadas mais divertidas do filme para a cena final pós-créditos! Vale esperar!

Por Léo Francisco ( www.youtube.com/cadeoleo )


Crítica | Annabelle 2 - A Criação do Mal - Vale a pena?



» Siga o CinePOPno Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «

[AVISO]Os comentários passam por uma aprovação e podem demorar até 24 horas para serem disponibilizados no site. Comentários com conteúdo ofensivo serão deletados, e o usuário pode ser banido. Respeita a opinião alheia e comporte-se.

Mobilize your Website
View Site in Mobile | Classic
Share by: