‘Toy Story 4’: Rashida Jones deixa produção por falta de mulheres e negros na Pixar

‘Toy Story 4’: Rashida Jones deixa produção por falta de mulheres e negros na Pixar

COMPARTILHE!

A atriz e cineasta Rashida Jonesfalou publicamente sobre sua saída da produção da sequência ‘ Toy Story 4 ’. Ao contrário do que havia sido publicado previamente pela imprensa internacional, seu desligamento do esperado projeto da Pixar se deu por outras razões morais.

Em um comunicado oficial, Rashidaesclareceu que ela e Will McCormack abandonaram o roteiro da animação devido à diferenças criativas e ideológicas, e não por supostas investidas sexuais do diretor e CEO da Pixar , John Lasseter .

Segundo Jones, mulheres e negros não são tratados da mesma forma pelo estúdio e não possuem voz na realização de projetos.

Confira o comunicado:

Participe do nosso GRUPO ESPECIAL do Facebook» https://goo.gl/kg8NYU


“A arriscada velocidade da qual jornalistas têm nomeado o próximo criminoso representa uma irresponsabilidade jornalística. Nós não deixamos a Pixar devido à investidas indesejadas. Isso é mentira. Nós nos desligamos do projeto por diferenças criativas – e mais importante – ideológicas. Há tanto talento na Pixar e nós continuamos sendo grandes fãs de seus filmes. No entanto, há também uma cultura onde mulheres e pessoas de cor não possuem voz criativa de maneira igualitária.

Observando que apenas um dos 20 filmes da história de empresa foi co-dirigido por uma mulher e apenas um fora dirigido por uma pessoa de cor, a Pixar deveria sustentar, contratar e promover uma maior diversidade e líderes e contadores de histórias que sejam mulheres. Nós esperamos que tenhamos encorajado todos aqueles que sentiram que suas respectivas vozes não foram ouvidas no passado e que eles agora se sintam emponderados”.

A matéria do site The Hollywood Reporter, a qual Rahida Jonesrebate, alega que Lasseterteria feito “avanços indesejados” que levaram à saída de Rashida Jonese Will McCormack da produção de Toy Story 4 .

No comunicado, o executivo explica que alguns de seus comportamentos deixaram funcionárias desconfortáveis e se sentindo desrespeitados e que usará esse tempo para refletir sobre suas atitudes longe da empresa.

O animador, responsável por clássicos como ‘Toy Story’e ‘ Vida de Inseto e pelo renascimento do departamento de animação da Disney (com filmes como ‘Frozen’), revelou a sua saída em um comunicado interno:

“Recentemente, eu tive algumas conversas difíceis que foram bem dolorosas para mim. Nunca é fácil encarar seus erros, mas é a única forma de aprender com eles. Como resultado isso, tenho pensado muito no líder que sou hoje e me comparando com o mentor e defensor que quero ser. Me chamaram a atenção dizendo que eu fiz com que alguns de vocês se sentissem desrespeitados e desconfortáveis.

Nunca foi minha intenção. Coletivamente, vocês são o meu mundo e eu peço desculpas se os decepcionei. Eu quero me desculpar especialmente com qualquer pessoa que recebeu um abraço indesejado de mim ou qualquer outro gesto que possa ter cruzado alguma linha. Independente das minhas boas intenções, todos tem o direito de terem seus próprios limites respeitados. Nas minhas conversas com a Disney , concluímos que estamos unidos no nosso compromisso de tratar suas preocupações com a seriedade necessária e lidar com elas da maneira apropriada. Também desejamos reforçar a cultura vibrante e respeitosa que tem sido a fundação de nosso estúdio de sucesso desde o começo.

Nós concordamos que o primeiro passo nessa direção será o meu afastamento para refletir e descobrir como seguir em frente. Apesar de ser difícil ficar longe de um trabalho que eu amo e de um time que considero muito enquanto pessoas e artistas, sei que essa é a melhor decisão para nós no momento. Minha esperança é que esses seis meses me darão a oportunidade de cuidar melhor de mim, de recarregar as baterias e me inspirar e de no fim das contas voltar para cá com a perspectiva que preciso para ser o líder que vocês merecem.

Tenho muito orgulho desse time e sei que vocês continuarão surpreendendo o mundo na minha ausência. Eu desejo a todos um excelente final de ano e estou ansioso para trabalhar com vocês novamente no próximo ano.

John.”

O caso não seria isolado e Lassater, conhecido por distribuir abraços publicamente, também seria conhecido internamente por “beijar, apertar e falar sobre atributos físicos”. Ele também teria tocado funcionárias de maneira indiscreta.

A Disney ainda não se pronunciou sobre o ocorrido.

Leia mais sobre os casos de assédio que estão causando polêmica em Hollywood e abrindo novas portas para que vítimas possam se sentir à vontade para falar sobre o que sofreram.

Ed Westwick, de ‘Gossip Girl’, é acusado de estupro

Polêmica! Charlie Sheen é acusado de estuprar Corey Haim quando ator tinha 13 anos

“Você devia f*dê-la para ela ver que é lésbica”, Ellen Page acusa Brett Ratner de assédio

Matthew Weiner, criador de ‘Mad Men’, é acusado de assédio por roteirista da série

Prestigiado comediante Louis C.K. é acusado de assédio sexual por cinco mulheres

Jeffrey Tambor é investigado por acusação de assédio sexual

Kevin Spacey: ator está buscando tratamento após novas acusações de assédio

Diretor Brett Ratner é acusado de assédio sexual por Olivia Munn e outras atrizes

Cineasta indicado ao Oscar é acusado de assédio sexual por mais de 30 mulheres

Ben Affleck também é acusado de assédio sexual; Assista ao vídeo!


Renato Marafon faz tatuagem de Deadpool na CCXP


» Siga o CinePOPno Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «

[AVISO]Os comentários passam por uma aprovação e podem demorar até 24 horas para serem disponibilizados no site. Comentários com conteúdo ofensivo serão deletados, e o usuário pode ser banido. Respeita a opinião alheia e comporte-se.

Mobilize your Website
View Site in Mobile | Classic
Share by: